27 novembro 2010

O resultado da colheita de verão...

Uma das coisas que recordo com saudade da minha infância e do verão, são as amoras! Talvez porque o meu aniversário calha nesta época e desde sempre, íamos passear, apanhar amoras e levar para casa, para a mãe enfeitar os doces e para se colocar na mesa... era uma delícia! Era raro o ano em que faltasse amoras no meu aniversário!! As melhores mesmo, eram as comidas na altura, acabadinhas de apanhar e sem serem lavadas!
Que bons tempos, que saudades... Hoje em dia, embora continue a apanhar amoras, não é como nos tempos passados... 
E, para além de enfeitar doces, utilizo-as também para fazer licor! Há imensas maneiras de fazer... eu decidi experimentar esta!
Licor de Amora

1k de amoras silvestres
1l de água-ardente
1k de açúcar
Quem preferir pode colocar um pau de canela, dá bom gosto também!

Coloca-se num frasco grande as amoras e a água ardente com o açúcar. Envolve-se bem.
Deixa-se estar nesse frasco durante  mês, mexendo diariamente.
No fim dos dias, escorre-se, engarrafa-se e aguarda-se mais uns tempos (um mês no mínimo).
Após, é colocar a boca ao licor!! :)

23 novembro 2010

Coelho Assado no Forno

Aprendi não só a gostar de coelho, como também a fazê-lo! Isto porque o meu mais que tudo fez-me apreciar o bom coelho... por isso, este, a minha primeira experiência, foi especialmente para ele... E estava muito gostoso...

Tempera-se o coelho com sal, pimenta, 3 dentes de alho esmagados, azeite, alecrim, louro, vinho branco, whisky e massa de pimentão.
Eu deixei o coelho temperado de um dia para o outro para ganhar sabor. 
Num tabuleiro coloquei azeite e cebola às rodelas. Coloquei o coelho por cima, com batatas aos pedaços ao lado e por cima, adicionei o molho onde o coelho esteve. Adicionei pedaços de Bacon, alecrim e um pouco mais de azeite.
Depois levei ao forno. De vez em quando ia regando o coelho, misturando as batatas. A meio da cozedura, virei o coelho para ganhar mais cor e ficar mais tostadinho! :) 
Pode-se acompanhar com salada, ou legumes salteados, dependendo do gosto!

21 novembro 2010

Cupcakes - Nuvem de Natal

 Uma ocasião especial merece igualmente um sabor especial! Por isso decidi fazer estes mini bolinhos! Segui a sugestão dada pela Martina B. do blog "Sabores em Contraste" à B.V. do blog "O Mundo da B.V." :) Num aniversário, os cupcakes ficam igualmente bem e são diferentes!
Estes que fiz, e como gosto de os chamar: Nuvens de Natal (não sei o porquê deste nome mas quando olho para eles, fazem-me lembrar nuvens e natal, daí, Nuvens de Natal!), guiei-me por Aqui
Apesar de ficarem muito gostosos, enchi de mais as tacinhas e ainda, enquanto fui tomar o meu banho, deixei queimar um pouco... Para a próxima tenho que ter mais cuidado!!!

Nuvens de Natal...
4 ovos
100g de manteiga
100g de chocolate em barra
200g de açúcar (eu utilizei apenas metade de açúcar amarelo)
100g de farinha
1 colher de chá de fermento
Começa-se por derreter o chocolate em banho-maria. Bate-se as gemas com a manteiga e o açúcar.
Adiciona-se o chocolate derretido. Junta-se a farinha e o fermento e, à parte, batem-se as claras em castelo, adicionando-as ao preparado e envolvendo tudo muito bem.
Coloca-se a massa em forminhas e leva-se ao forno.
Depois de estarem prontas, basta decorar com o que se quiser! No meu caso confesso, fui pela lei da preguiça... No mesmo dia tinha feito a Serradura, pelo que já a pensar nos Cupcakes, guardei um pouco de natas para colocar por cima dos bolinhos. Depois, como as forminhas eram vermelhas, achei que um morango ficaria bem e se adequava perfeitamente com o momento! :)

16 novembro 2010

Caldeirada de Lulas

Um dos pratos mais apreciados por mim! Consequentemente, um prato que está presente na mesa cá de casa com alguma frequência!!!

Lulas
Batatas
Meio copo de vinho branco
Camarões
1 cebola grande
2 dentes de alho
louro, azeite
1 malagueta
1 tomate maduro ou polpa de tomate
Pimento verde
Salsa, pimenta, sal q.b.
Alecrim

O primeiro passo são as lulas. Começa-se por amanha-las, lava-las e corta-las às rodelas. 
Cobra-se o fundo do tacho com azeite e dispõe-se a cebola às rodelas, seguida do tomate, alho, louro, pimenta, colorau, piripiri, alecrim, carqueja, o pimento colocado às tiras, as lulas e um raminho de salsa. Tapa-se e deixa-se estufar em lume não muito forte.
Posteriormente, rega-se com o vinho e rectifica-se os temperos. Quando as lulas já se encontrarem meio cozidas, adiciona-se as batatas às rodelas, o camarão e/ou berbigão. Convém mexer-se devagarinho por vezes.
Quando pronto, adiciona-se salsa picada e serve-se bem quentinho.

13 novembro 2010

Serradura


Têm sido dias muito cansativos, sem dúvida.... exaustivos! E são os pequenos prazeres que nos sabem imensamente bem! A dieta, essa tem que esperar... tem que dar lugar a maravilhas que ajudam a vida a ficar mais doce e saborosa :) No meu caso, confesso, adoro esta sobremesa... não sei porquê... talvez pela bolacha moída... mas o certo é que quando faço, como que nem uma desalmada... No momento, acho que nem me lembro muito bem das calorias... só mais tarde... :P eheheh :P
Esta fiz para um jantar especial...

2 pacotes de natas
1 lata de leite condensado
150g de bolacha maria moída

Uma receita muito simples... 
Basta bater as natas (dez minutos antes de as utilizar, coloque-as no congelador). De seguida, coloque o leite condensado e bata mais um pouco até envolver tudo. 
Depois é juntar a bolacha. Se preferir pode juntar a mesma às natas e mexer tudo ou então, fazer camadas. No meu caso, em metade do preparado das natas e do leite condensado, adicionei um pouco de bolacha., onde fiz uma primeira camada, adicionei uma outra de bolacha e seguidamente, mais uma camada de natas. Enfeitei com bolacha moída e bolacha inteira, como mostra as fotos.

09 novembro 2010

Pão de Alho

 Depois de um dia saturado de aulas, trabalhos e mais trabalhos, é bom chegar a casa, preparar algo bom e quente, e, sentar à mesa e saborear... 
É um lembrar de tempos antigos em que íamos à pizzaria e nunca desprezávamos um bom pedaço de pão de alho... Diz-se que recordar é viver, e foi isso mesmo! Tornei o final do meu dia, num momento bastante agradável, de lembranças e de sabores... :)
E para quem quiser experimentar, aqui fica:
1 baguete de pão
2 dentes de alho grandes
Azeite
Manteiga
Queijo ralado
Bacon 
Óregãos 
Primeiro corta-se a baguete em rodelas.
À parte, pica-se o alho muito bem picadinho e leva-se ao lume com a manteiga e o azeite.
Leva-se o pão a ganhar um pouco de calor ao forno, a 180º e, posteriormente, aplica-se no pão com a ajuda de um pincel. 
Coloca-se o queijo, o Bacon e os óregãos a gosto e leve ao forno a tostar.
Depois é só retirar e servir bem quentinho!!! Delícia :)

04 novembro 2010

Bolo de Cenoura e Noz

 
Esta é uma receita que deram à minha mãe e que é deliciosa para esta época do ano! Combina muito bem...

2 copos de açúcar
1 copo de óleo
2 copos de farinha
5 ovos batidos
2 colheres de chá de canela
1 colher de chá de baunilha
1 colher de chá de fermento em pó
1 colher de chá de sal
1 colher de chá de soda
1 copo de cenoura ralada
1 copo de nozes partidas
1 copo de maçã cortada às lascas finas

Junta-se todos os ingredientes à excepção da cenoura ralada, da maçã, das nozes e do sal. Mexe-se tudo bem e adiciona-se os restantes ingredientes, batendo novamente.
Leva-se ao forno, a 180º, numa forma untada de manteiga e polvilhada de farinha.
Quem gostar e preferir pode adicionar passas de uva.

01 novembro 2010

Bolinhos de Batata

Tal como aqui na terrinha se chama, "Dia dos Santos", é tradição os mais pequenotes irem de casa em casa pedir o bolinho... E eu, sem excepção, lá ia há uns anos atrás, toda contente de saco na mão pedir à tiazinha para dar os bolinhos!!! :) saudades desses tempos!
Por isso, vou deixar uma de tantas receitas que existem dos bolinhos dos santos...e que eu adoro (comer)!
 1 kg de batata
1 kg de farinha
750g de açúcar (eu utilizo metade apenas)
2 ovos
1 colher de chá de erva doce
1 colher de chá de canela 
2 colheres de chá de fermento
raspa de limão
Nozes, passas de uva, pinhões, avelãs a gosto
ovo batido para pincelar

Coze-se as batatas. Depois de cozidas, pisam-se no passevite.
No puré da batata, colocam-se todos os ingredientes. Amassa-se tudo com as mãos, muito bem, formam-se bolinhas e coloca-se em tabuleiros polvilhados com farinha. Quem preferir pincela os bolinhos. Nós aqui em casa só colocamos farinha, apenas. leva-se então em forno médio a cozer :) E....já está!! :)